FENDI faz retrofit em Roma


A marca de alta costura italiana reformou um prédio histórico na região central da cidade para receber a nova sede da empresa. O edifício Palazzo dela Civiltá Italiana foi construído por Benito Mussolini em 1943 e ficou fechado por 72 anos. A renovação completa dos seis andares do prédio ficou nas mãos do arquiteto Marco Costanzi e durou 18 meses. Seu time encontrou um prédio vazio, sem luz elétrica nem água. O custo total da obra ficou na casa dos milhões de euros.

O Palazzo ficou conhecido pelos romanos como o “Coliseu Quadrado”, tal a sua relevância arquitetônica para a cidade. É o único empreendimento também que tem a mesma altura da Basílica de São Pedro, fugindo à norma romana que proíbe a construção de edifícios maiores do que a sede da igreja católica. Com a Segunda Guerra Mundial, o Palazzo foi abandonado e abriu as portas apenas esporadicamente para eventos e ações pontuais de empresas locais.

Agora, o prédio será ocupado por cerca de 500 funcionários da FENDI e contará com uma galeria no primeiro piso, aberta para a visitação pública, onde a história do prédio e da marca será contada.

A FENDI, no entanto, não ficará para sempre no prédio. Os executivos da marca fecharam um contrato de 15 anos para alugar o espaço. O valor a ser gasto ultrapassará os 2,6 milhões de euros.