Arthur Casas conquista prêmio mundial em Cingapura


A notícia da semana para o design e a arquitetura do Brasil veio de Marina Bay Sands, em Cingapura. O lugar foi palco da edição 2015 do World Architecture Festival (WAF), o grande prêmio mundial da arquitetura, entre 4 e 6 de novembro. Já no primeiro dia, foi divulgada a lista dos vencedores deste ano em diversas categorias. E adivinhe quem foi o ganhador na categoria Display (estandes)? O brasileiro Arthur Casas.

Sim, o paulistano – em parceria com o Atelier Marko Brajovic – foi premiado pelo Pavilhão Brasil que criou para a Expo Milão 2015, a grande feira mundial ocorrida entre maio e outubro.

O espaço concebido pelo arquiteto teve como grande destaque uma imensa rede com tramas de ferro suspensa sobre canteiros com plantas nativas do País. A estrutura e o teto – cuja função era de atuar como uma pérgola – foram confeccionados de aço corten. “A ideia era não construir um prédio propriamente porque se tratava de um evento efêmero”, comentou Raphael França, do Studio Casas. O jardim-playground criado por Casas era uma das maiores estruturas montadas no evento e foi uma das mais visitadas.