SKR cria novo conceito para nortear criação de projetos imobiliários disruptivos


A SKR realizou ontem, 25/10/2016 na galeria Leica em São Paulo, a divulgação de Compass, núcleo de inovação SKR, e um bate-papo referente ao comportamento millennial. O evento reuniu arquitetura, tecnologia, comportamento, consumo e arte.  

Confira abaixo o release na íntegra.

Usabilidade, experiência do usuário e tendências globais de habitação e estilo de vida orientaram o surgimento de COMPASS – um núcleo de inovação que reúne: Design Thinking, Tendências Globais de Comportamento e Expectativas Millennial e Arquitetura de primeira qualidade.

O mercado internacional de desenvolvimento imobiliário vive uma ruptura nos padrões de consumo tradicionais. A geração do Milênio rompe barreiras de tempo e espaço, exigindo espaços mais adaptáveis, favoráveis à interação e portanto, embarcados de conectividade plena, e permeados pelo design em toda a sua navegação e estrutura, desde áreas privativas às áreas comuns.  As mudanças são tão significativas que Silvio Kozuchowicz, presidente da SKR, decidiu criar um núcleo curador de inovação para a companhia. Batizado de Compass, o conceito compreende: metodologia para a identificação de vocação de empreendimentos, passando por uma interpretação de tendências e consumer insights, alinhamento sobre tecnologias e soluções de conectividade, processo de criação da arquitetura e estudo de parceiros ideais para implantação. Através do processo de design thinking, é possível a identificação de diferenciais aderentes às necessidades de seus stakeholders de interesse e uma detalhada compreensão da jornada do consumidor. Tudo isso para redefinir os padrões de usabilidade dos empreendimentos da empresa, tornando-os plenamente usufruídos e relevantes para seus usuários. A construtora também espera com a iniciativa, ampliar significativamente o grau de assertividade e rentabilidade para seus parceiros investidores, uma vez que cria empreendimentos  do tipo bespoke ( feitos sob medida), para seus moradores- alvo,  ressalta o CEO.

“Estamos saindo da precificação do metro quadrado para criar a qualificação do metro quadrado”, explica Silvio, que numa iniciativa inédita no mercado imobiliário, já investiu aproximadamente R$ 500 mil reais em pesquisa, ferramentas e soluções de tecnologia e consultoria incremental, compreendendo desenvolvimento de metodologia, projetos e estudos sobre novos modelos de negócio em andamento no mundo todo, aplicáveis ao mercado brasileiro.

"Consideramos este núcleo de inovação para decodificar as novas gerações e construir empreendimentos com uma arquitetura que se integra de forma simbiótica a experiência do usuário. Compass é um vetor para a inovação, composto por tecnologia, arquitetura, design thinking e uma inesgotável pesquisa de Consumer Insights."

O conceito, que apresenta além de metodologia proprietária para a conceituação de novas edificações, apresenta um aplicativo desenvolvido para convergir a demanda por serviços, conteúdos de interesse e recursos de comunicação que possam melhorar exponencialmente a experiência e a realização de um cliente / usuário dos empreendimentos criados pela construtora.

O propósito do app Compass é assegurar que o cliente que adquiriu um imóvel da SKR tenha acesso a tudo que foi idealizado na concepção do projeto. “Em cada prédio que criamos, levamos em conta o tipo de vida que o consumidor espera ter ali e nosso foco é, principalmente, atender as aspirações da nova geração, que tem um jeito muito diferente de viver em relação ao modelo dos pais”, explica Silvio. “Eles não têm horários ou lugares fixos. Estão sempre em trânsito e o espaço “casa” e “trabalho”, muitas vezes, é o mesmo. Porque não criar imóveis com essa mesma plasticidade e movimento?

Para atender essa demanda de mercado, a SKR, que é tradicionalmente conhecida por desenvolver empreendimentos de alta qualidade e arquitetura de autor, lança mão da tecnologia, oferecendo facilidades e encurtando as distâncias entre a vida pessoal e profissional com ambientes encantadores e inteligentes, que possam ser compartilhados. Os empreendimentos desenvolvidos a partir do conceito Compass mudam completamente o antigo conceito de “condomínio”, e integram serviços dessa natureza à diferenciais de hospitalidade, acrescidos a uma estrutura física concebida especificamente para a experiência completa de autonomia e bem viver, de forma descomplicada. “Se os millennials estão sempre conectados e fazem tudo a partir de uma tela de celular, nada mais correto do que dar a eles o controle por este meio”, ressalta Silvio.

O conteúdo Compass foi criado a partir de referências locais e globais, até mesmo, aprimorando algumas aplicações já existentes via mobile. “Levantamos todas as facilidades do entorno de cada empreendimento, qualificamos e selecionamos os serviços mais úteis e desejáveis aos moradores. O app sintetiza essa complexidade de processos desde os mais básicos e triviais da governança condominial, aos mais sofisticados, como por exemplo, a possibilidade de se aceitar o pagamento de taxas mensais e serviços através da própria plataforma, de maneira invisível e absolutamente confiável. Isso não significa que estamos satisfeitos com o que fizemos; esse é um núcleo que tem a missão de transformar e aprimorar constantemente nossos produtos. Estamos de olho em mais mudanças, testando mais oportunidades de fazer cada vez mais, algo diferente e melhor”.

Em breve, a SKR lançará seu primeiro empreendimento no modelo Compass.

 

Ficha Técnica COMPASS:

Arquitetura: Angelo Bucci
Design de Interiores: Estudio Super Limão
Estratégia Corporativa/Consumer Insights/ Cultura Millenial : Paula Limena e Ellen Faria ( Imageneer Consulting)
Publicidade: Roberto Cipolla
Tecnologia e Arquitetura da Informação: In3
Design Thinking: Maria Augusta Orofino
Interaction Design: Marcello Dantas