Construtora investe em aplicativo, internet das coisas e coworking em novo empreendimento


Os millennials (grupo de pessoas nascido entre a década de 1980 e meados de 1990) estão mudando o mundo em vários aspectos, como o mercado de trabalho e o setor de consumo. Trata-se de uma geração com um grande poder de compra, estimado em US$ 2,45 trilhões, e que questiona, rompe barreiras, quer inovação.

Atenta a esse consumidor exigente, a construtora SKR, conhecida por desenvolver empreendimentos de alta qualidade, arquitetura de autor e tecnologia, lança no bairro de Moema, em São Paulo, o Nomad. Este é o primeiro empreendimento da empresa que foi concebido a partir da metodologia Compass, um vetor de inovação original da SKR formado por uma consultoria incremental permanente, que reúne diferentes profissionais para realizar estudos e pesquisas da área de arquitetura e construção, interpretação de tendências e de consumer insights, alinhamento de tecnologias e soluções de conectividade e até avaliação de potenciais parceiros para implementação de todas as ideias.

“Entendemos as aspirações de viver dos millennials, buscamos soluções ideais pelo mundo para atendê-las e implementamos no Nomad, que rompe em todos os seus detalhes com o modelo tradicional imobiliário. Os ambientes – tanto as áreas privativas como comuns – são mais adaptáveis, favoráveis à interação, com tecnologia, conectividade, design em toda estrutura”, diz Silvio Kozuchowicz, presidente da SKR. “Não estamos apenas vendendo apartamentos, mas um outro jeito de morar, mais autêntico, prático, interativo.”

Tecnologia e interação são as palavras que norteiam o Nomad. Por meio de um aplicativo para smartphones, os moradores terão acesso a serviços como personal trainer, lavanderia, limpeza do apartamento, manutenção, liberação e controle de acesso de visitantes e agendamento de utilização do espaço colaborativo de coworking, wellness, entre outros, com maior comodidade e segurança.

“Como os millennials estão sempre conectados, principalmente a seus smartphones, criamos um canal comum ao seu dia a dia, um app que permite ao morador controlar uma infinidade de funções e serviços na palma da mão, esteja ele onde estiver”, destaca Silvio.

O executivo explica que o núcleo curador de inovação liderado por ele, responsável pela criação da metodologia Compass – que será o vetor de muitos outros projetos da SKR – fez amplas pesquisas para “decodificar” as novas gerações e, a partir disso, construir empreendimentos com uma arquitetura que se integra de forma simbiótica à experiência do usuário.

Em cada prédio que cria, a SKR leva em conta o tipo de vida que o consumidor espera ter ali. Com o Nomad, todas as aspirações do “jeito de morar” cosmopolita foram contempladas. “Não temos mais horários ou lugares fixos. Estamos sempre em trânsito e o espaço casa e trabalho, muitas vezes, é o mesmo. Então, por que não criar imóveis que atendam a esse ritmo de vida que é cada vez mais comum a todos?”, destaca Kozuchowicz.

Link: Clique aqui
Fonte: The São Paulo Times