O PROJETO

Um projeto meticulosamente pensado para ser um marco na cidade de São Paulo. 

Tudo no FLOAT by Yoo reflete a filosofia da parceria que construímos. Os detalhes do desenho de linhas contemporâneas com requintes modernistas trazido por Angelo Bucci. A solidez e compromisso da SKR em fazer projetos de arquitetura emblemática e que inspirem novas experiências de viver. 

FLOAT by Yoo é composto por uma torre única e espetacular. Os apartamentos não se tocam e são banhados o dia todo pelo sol. A fachada marcante traz para a Vila Olímpia um projeto cosmopolita que poderia estar nas metrópoles mais interessantes do mundo. 

São apenas 29 unidades exclusivas, muito bem distribuídas em seus 14 andares. As metragens das plantas variam para se adaptar a todos os tipos de estilos e necessidades. De 61 a 70 m2, com 1 suíte. Duplex de 113 a 123m2, com 2 ou 3 suítes. E cobertura de 117 a 138 m2, com 1 suíte. Todas as unidades com 2 vagas livres e demarcadas.

Cada apartamento é um espaço único que não se repete nenhuma vez. É a nossa forma de atender as singularidades de um público cada vez mais exigente.

Localização
Vila Olímpia Google Maps
Arquitetura
SPBR Arquitetos
Interiores
YOO Studio
Paisagismo
Raul Pereira
ANO
2018
0%
Projeto
0%
Fundação
0%
Estrutura
0%
Alvenaria
0%
Acabamento

ÁREAS COMUNS

APARTAMENTOS DECORADOS

LOCALIZAÇÃO

EQUIPE

ANGELO BUCCI/SPBR

Dirigido por Angelo Bucci, que desde 1989 atua simultaneamente em duas frentes complementares: profissional e acadêmica. Esse equilíbrio prolongado tem orientado a atividade do escritório. 

Os projetos do SPBR refletem um pensamento crítico sobre aspectos da arquitetura moderna. É a partir dessa herança que se valoriza a importância da concepção estrutural, as soluções construtivas, a viabilidade econômica e, principalmente, o entendimento da cidade como campo de diálogo das obras de arquitetura. As obras têm merecido crescente destaque em prêmios, conferências, publicações e exposições no Brasil e no mundo. 

O escritório tem seu maior estímulo em explorar o campo de um possível ainda não realizado, elaborando desenhos de um modo pleno de sentidos, informado pelas experiências precedentes e pelo uso adequado dos recursos.